Ausente em Brasília, Mendes faz vídeo e pede fim de privilégios

Vídeo foi enviado ao presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), que se reúne com governadores

O governador Mauro Mendes (DEM) publicou um vídeo em suas redes sociais, nesta terça-feira (2), reiterando apoio à Reforma da Previdência que está sendo debatida pelo Congresso Nacional.

Para ele, há a necessidade de “corte de privilégios” como uma forma de organizar as despesas públicas do País.

“Declaro apoio ao Congresso Nacional, àqueles que estão ao lado do Brasil para tomar medidas necessárias, fazer correção de cursos, tirar privilégios daqueles que mais têm para salvar esse País”, disse Mendes, em trecho do vídeo.

A gravação foi feita já que o democrata não estará presente na reunião realizada nesta terça entre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e governadores do País.

Conforme a assessoria do Palácio Paiaguás, Mendes terá uma série de agendas ao longo do dia para tratar do projeto encaminhado por ele à Assembleia Legislativa, que prevê a reinstituição e revogação dos incentivos fiscais concedidos no Estado.

Na noite de segunda-feira (1º), Mendes também conversou com Rodrigo Maia por telefone, oportunidade em que se disse “totalmente favorável à reforma”.

“Trata-se de uma medida importante para o Brasil, para Mato Grosso. Precisamos com coragem mudar esse País. Estamos dando essa declaração para mostrar que estamos juntos daqueles que estão ao lado do Brasil neste momento difícil”, disse.

Inclusão de Estados

Na reunião de hoje, Maia quer fechar acordo com os governadores sobre a inclusão dos estados e municípios na reforma.

A ideia dele é definir este ponto antes da votação do parecer na comissão especial, que pode ocorrer ainda nesta semana.

A manutenção é, inclusive, um dos pleitos do governador Mauro Mendes.

Além de pedir a inclusão dos Estados na reforma, os governadores querem a aprovação de propostas que garantam recursos para reduzir a crise fiscal nas unidades da Federação.

 

fonte: Midia News/Foto: Alair Ribeiro/Midia News