Polícia Militar prende 9 com mandados de prisão em aberto

15/08/2016 21:40


Nos últimos dois dias (13 e 14/08) policiais militares capturaram nove pessoas procuradas pela Justiça, dentre as quais uma mulher acusada por furto qualificado e associação para o crime e um foragido de Goiás. As prisões acontecerem em diferentes pontos do Estado durante a Operação Bairro Seguro e ações do policiamento de rotina.

Em São João dos Quatro Marcos, policiais da 3ª Companhia (6º Comando Regional), com apoio do Gefron (Grupo Fronteira), prenderam os acusados D.S.B., 22; E.L.O., 27, e D.A.F.N., 18, com duas pistolas calibre 380, munição, dezenas de pacotes de cigarro, dois rádios comunicadores, além de quase R$ 2 mil.

No momento da abordagem o trio reagiu fazendo vários disparos na direção dos policiais.  Em seguia, se refugiaram na mata na tentativa de fugir. Utilizando técnicas de rastreamento os policiais conseguiram capturá-los. Contra os três havia mandados de prisão por envolvimento em furtos. Um deles também é acusado de estupro.

Na área central de Barra do Garças, ao lado da Praça dos Garimpeiros, ocorreu a prisão de G.F.V., 32, pelo crime de Lesão Corporal (Lei 11340/06, artigo 129) contra a própria sogra. Há cinco anos ele agrediu a mãe de sua esposa e ainda a ameaçou de morte.

Em Barra do Garças a PM  capturou também de A.A.S., 38, que teve prisão preventiva decretada pela prática de furto qualificado. Ele estava parado na praça da Matriz, área central, quando uma guarnição que fazia rondas decidiu abordá-lo. Na checagem do nome dele os policiais descobriram o mandado de prisão.

Já A.A.F., 30 anos, estava a pé em um viação central de Barra do Garças quando uma equipe da Polícia Militar fazia rondas. A atitude dela, olhando fixamente para os lados e caminhando apressadamente, fez com que os policiais a abordassem. Contra a mulher havia um mandado de prisão por furto qualificado.

Policiais da Força Tática da região de Cáceres prenderam R.A.A., 29. Denunciado por roubo, ele teve suspenso o direito de responder ao processo em liberdade por descumpriu as regras do benefício. O juiz da comarca local determinou o recolhimento dele ao presídio.

Em Porto Esperidião, região de fronteira com a Bolívia, na comunidade conhecida como Roça Velha, policiais do Gefron prenderam A.R.S., 44. Ele estava em um veículo que não apresentava restrições, porém no nome dele havia uma prisão por furto e tráfico.

Na noite do domingo (14.08), policiais do 25º Batalhão do Cristo Rei, em Várzea Grande, prenderam W.R.P.R., 21, com prisão em aberto por roubo. No bairro Lagoa do Jacaré, onde ocorreu a primeira tentativa de abordagem, ele fugiu saltando a cerca do aeroporto Marechal Rondon.

Minutos depois, quando caminhava pela Avenida 31 de Março, na mesma região, os policiais o reconheceram. Além de confirmar que ele estava sendo procurado pelo crime de roubo, os policiais descobriram que a cerca de 20 dias o rapaz havia arrancado a força a tornozeleira eletrônica que monitorava seus passos.

 

Fonte: Polícia Militar/MT