Ganha Tempo garante atendimento ágil ao público da Capital e do interior

23/01/2017 16:09
Espaço possui um posto de identificação da Politec e atende a mais de 140 pedidos do documento por dia

 

O período de viagens e matrículas escolares, no mês de janeiro, aumenta a demanda para a confecção do documento de identificação, o RG. O local mais procurado para a emissão do documento é o Ganha Tempo da Praça Ipiranga, em Cuiabá. Vinculado à Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), o espaço que possui um posto de identificação da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), atende a mais de 140 pedidos do documento por dia.

A solicitação de RG é o gargalo de atendimentos no local, pois além da entrega e confirmação de documentos, é feita a coleta de digitas no posto de atendimento da Politec. O usuário do Ganha Tempo pode utilizar os serviços de xerox, foto 3x4, e gerar o boleto no posto de atendimento da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT), no valor de R$ 68,00, para obter o documento. O pagamento pode ser feito na lotérica da própria unidade do Ganha Tempo.

Essa possibilidade atraiu os pais do pequeno Eduardo, de dois anos. A mãe, Eva Pereira, moradora do bairro Osmar Cabral, em Cuiabá, conta que chegou ao Ganha Tempo depois das 7h da manhã, e conseguiu o atendimento para dar entrada no pedido de RG do filho.

“Eu plastifiquei a Certidão de Nascimento do Eduardo para conservar o documento. Mas é mais complicado andar com ela, por ser um documento grande. O RG é mais fácil de transportar, então vim e fiz todos os procedimentos aqui”, conta Eva Pereira, ao terminar o atendimento.

Já o comerciante Antônio Dallanora, de 37 anos, morador de Poconé (114 km a Centro-Sul de Cuiabá), conta que o posto de identificação da cidade está fechado. Por isso, teve que vir a Capital solicitar os documentos das duas filhas, de dois e oito anos de idade. A família está com viagem marcada e as meninas precisam dos documentos para atualização da matrícula na creche e na escola. Também de Poconé, Lucas Vinícius da Silva Souza está em uma casa de apoio, em Cuiabá, acompanhando a mãe em tratamento. Ele aproveitou a estadia para corrigir o RG, no qual falta um dos sobrenomes.

A estudante de Medicina, Karla Karina da Silva de Novaes, é natural de Jequié (BA), e estuda na Argentina. Os pais moram em Lucas do Rio Verde (332 km ao Norte de Cuiabá) e a jovem aproveitou uma viagem do pai para Cuiabá para solicitar um novo documento. “Acontece que faltava o ‘de’ do meu nome na minha identidade, e isso acarretou alguns problemas de documentação na minha faculdade, já estou resolvendo no Ganha Tempo”, contou a universitária.

Atendimento

A Portaria Conjunta Nº 02/2017/SESP/Politec, publicada no dia 18 de janeiro, regula o atendimento nos postos de Identificação da Politec. De acordo com o documento, devem ser feitos 140 atendimentos diários no posto do Ganha Tempo da Praça Ipiranga, 60 no Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping e 50 na unidade da Assembleia Legislativa (ALMT). Para ler a Portaria, clique aqui

Mesmo após as 140 senhas distribuídas, os servidores do Ganha Tempo procuram atender aos que procuram o serviço e se enquadram no perfil de prioridade ou são do interior do estado. “As pessoas chegam antes de o local abrir e formam uma fila por conta própria. Quando abrimos as portas, distribuímos as senhas para o público geral e preferencial”, conta a gerente do Ganha Tempo, Gisele Borges da Silva Resende. Estão entre o público prioritário: idosos, pessoas com deficiência (PCD), gestantes, crianças de colo e doadores de sangue.

Sobre a alta demanda para a emissão do RG, a atendente do Ganha Tempo da Praça Ipiranga, Marilza Apolinaro, explica que geralmente são atendidas 140 pessoas por dia, ou até menos,  mas em janeiro  aumenta a procura, em virtude do período de matrícula em escolas, creches e viagens. “Entendemos as dificuldades de quem precisa de atendimento, por isso atendemos todos bem e tentamos ajudar, dentro do possível, mas sempre seguindo as normas”, pontou a servidora.

A superintende do Ganha Tempo, Rosany Figueiredo, destaca o trabalho dos servidores, pela atenção junto ao público. O espaço também dispõe de atendimento do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Energisa, CAB, MTI, Procon, Sistema Nacional de Emprego (Sine), Boletim de Ocorrência, Fesp, Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), (Junta Comercial de Mato Grosso (Jucemat), e Sefaz. Veja aqui a lista com todos os serviços ofertados no Ganha Tempo.

Novas unidades

A Setas-MT está atuando para ampliar o alcance do programa Ganha Tempo em outras regiões do estado, além da região metropolitana. A Comissão Especial de Licitação analisa a documentação entregue pelas quatro empresas que buscam administrar, por meio do modelo de Parceria Público-Privada (PPP), as sete novas unidades do programa, que serão instaladas pelo Governo de Mato Grosso.

A previsão é que, em 2017, uma destas novas unidades seja colocada em operação. As outras seis agências do programa Ganha Tempo serão entregues até 2018, conforme o cronograma de execução. As novas unidades serão construídas em Cuiabá (Morada da Serra), Sinop, Cáceres, Rondonópolis, Barra do Garças, Lucas do Rio Verde e Várzea Grande.

A carta de atendimento engloba 104 serviços, ofertados por 21 parceiros. As novas unidades serão classificadas como grande, médio e pequeno porte, atendendo a demanda da população local. Somente Cuiabá, pela quantidade populacional, receberá o selo de grande

 

Fonte: Setas-MT