Câmara agrícola aprova R$ 140 milhões em cartas consulta em setembro

01/10/2016 12:23
Investimentos devem gerar 1.041 empregos diretos e indiretos, em Mato Grosso

 

A Câmara de Política Agrícola e Crédito Rural (CPACR) aprovou durante o mês de setembro, 236 cartas consulta de projetos que estão aptos a receber financiamentos via linhas de crédito do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO/Rural). Os investimentos somam R$ 140,9 milhões e devem contribuir para o desenvolvimento socioeconômico de várias regiões do Estado.

Os projetos aprovados contemplam aquisição e retenção de matrizes de bovinos, equipamentos e insumos agrícolas, sistema de irrigação e outros. Estima-se que 351 empregos diretos e 690 indiretos sejam gerados.

O FCO Rural tem como público-alvo produtores rurais, pessoas físicas e jurídicas, cooperativas de produção e associações, que exercem atividade produtiva no setor rural e que desejam iniciar, ampliar e modernizar seus empreendimentos na Região Centro-Oeste.

São ofertadas condições diferenciadas, tais como taxas de juros, limites financiáveis e prazos de pagamento e de carência. O produtor rural pode buscar todas as informações necessárias, para a captação do recurso, nas agências do Banco do Brasil, Sicredi e MT Fomento.

A CPACR é formada por representantes do governo estadual, entidades do segmento agropecuário e sociedade civil. A Câmara tem o objetivo de apresentar propostas de reformulação de Política Agrícola e Agrária Estadual, deliberar sobre projetos de financiamento para o desenvolvimento da agriculta em Mato Grosso e subsidiar as decisões do Conselho de Desenvolvimento Agrícola (CDA-MT), ligado à Secretaria-adjunta de Agricultura da Sedec.

Carta consulta

Em maio deste ano, foi publicado um novo modelo de carta consulta. A Instrução Normativa nº01/2016 CDA-MT traz também, informações adicionais para a elaboração do documento.

O novo modelo de carta consulta e o Caderno FCO 2016 podem ser acessados no portal da Sedec: https://www.sedec.mt.gov.br/-/521243-fco-rural?ciclo=cv_agricultura_empresarial.

Fonte: Sedec-MT